Confira dicas de como ajudar nos estudos de crianças com TDAH

Escrito por

Procurando alguém para fazer seu trabalho de escola, TCC, Monografia ou algum outro trabalho acadêmico? Clique aqui e faça seu orçamento agora mesmo!

Saiba o que é o transtorno e o que fazer para auxiliar os pequenos que convivem com o quadro em seu aprendizado

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um quadro clínico recheado de tabus. Entre eles, está a crença de que crianças com TDAH não conseguem aprender como as demais. Pelo contrário.

Com as técnicas e brinquedos pedagógicos corretos, é possível oferecer o suporte adequado a esses pequenos para que seu desenvolvimento seja o mais completo.

Confira, a seguir, mais informações sobre o que é o TDAH e dicas para ajudar crianças com o transtorno em seus estudos.

O que é TDAH?

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) consiste em um transtorno neurobiológico de origem genética, que não tem cura e acarreta sintomas como a desatenção, a inquietude e a impulsividade.

Como ajudar crianças com TDAH nos estudos: dicas

Por suas características típicas, o TDAH em crianças costuma implicar dificuldade de concentração na vida dos pequenos – o que impacta diretamente em sua jornada de aprendizado. 

É importante salientar, porém, que o TDAH não é um transtorno de aprendizagem e que essas pessoas não são incapazes de aprender ou estudar. Há alguns obstáculos decorrentes do transtorno que necessitam técnicas e adaptações no dia a dia para efetivar o seu aprendizado.

book, asia, children

1. Rotina

Todo mundo precisa manter suas tarefas organizadas, além de ter um planejamento sobre as suas atividades cotidianas. 

No caso de crianças com TDAH, cultivar essa rotina regrada se torna ainda mais importante. Isso porque tentar manter o foco e a concentração por si só é bastante desgastante, e esse estresse se potencializa ainda mais em um cotidiano caótico.

2. Flashcards

Durante sua rotina de estudos, é válido a criança criar o hábito de fazer fichamentos sobre o que está aprendendo. Suas anotações podem ser feitas em um caderno, um documento criado no computador… Enfim, num local em que suas ideias estejam sempre fixas e prontas para serem consultadas.

Outra ferramenta bastante útil para ajudar a manter suas ideias fixadas em algum lugar é o chamado flashcard. Ele pode ser criado com a ajuda de post-its ou de outras técnicas voltadas a destacar pensamentos importantes que se desenrolam ao longo dos estudos (marca-textos, boxes no corpo do texto do fichamento, entre outras técnicas).

3.Vídeo e voz

Além da escrita, há quem se comunique e memorize melhor por meio de conteúdos audiovisuais. Por isso, uma estratégia válida é tentar trazer mais recursos educativos em vídeos ou em áudio. Outra opção é gravar a própria voz para memorizar aquilo que foi aprendido no dia em vez de realizar o fichamento escrito.

4. Ambiente tranquilo

Na medida do possível, é importante oferecer à criança com TDAH um ambiente tranquilo para que ela consiga se concentrar e focar em seus estudos sem qualquer tipo de distração. Um quarto reservado ou escritório, limpo, silencioso e sem muito movimento seria o ideal para ela desenvolver o seu aprendizado em casa, por exemplo.

5. Dormir bem

Manter a higiene do sono em dia é importante para todos. É fundamental, para crianças com TDAH, conseguir ter as oito horas de sono durante a noite e, se necessário, pequenos cochilos durante o dia.

A hiperatividade é bastante desgastante fisicamente e, conforme a criança fica cansada, mais desconcentrada ela pode ficar. 

6. Atividade lúdicas

Algumas atividades educativas são uma ótima maneira para despertar o lado lúdico da criança e trabalhar sua memorização, diminuir a impulsividade e a desatenção, além de estimular o pensamento lógico. Explore jogos como quebra-cabeça, jogo da memória, livros de colorir ou demais brinquedos que agucem a concentração da criança.

Deixe um comentário