4 técnicas de estudos para exames de proficiência em inglês

¿Busca a alguien que haga su trabajo escolar, TFM y TFG, Monografía o algún otro trabajo académico? ¡Haz clic aquí y haz tu presupuesto ahora mismo!

Muitas pessoas não conhecem o exame de proficiência e sua função. Mas a verdade é que ele pode ser muito benéfico para a vida profissional de alguém, principalmente se o realizado for em inglês.

Basicamente, esse teste em inglês serve para identificar se uma pessoa é capacitada na língua estrangeira, ou seja, se é apta a falar, entender, escrever e ler no idioma. 

Um exemplo prático de como ele funciona: é como quando uma empresa que fabrica sensor indutivo precisa contratar um novo funcionário. Ela realiza uma entrevista e, para contratá-lo, garante que ele tenha domínio da área. 

Receber esse certificado ajuda o indivíduo a morar no exterior, a se destacar no mercado de trabalho, terminar os estudos na língua ou apenas melhorar o currículo. Além disso, ele é essencial para cursar um mestrado e doutorado.

Esse exame determina o nível de inglês do indivíduo. Ele não exige uma forma de estudo específica, pois não é preciso apresentar um certificado de curso, portanto o estudante fica livre para aprender da maneira que desejar.

Ou seja, ele não precisa que o candidato tenha algo preenchido sobre sua conclusão de curso de inglês. É como ter uma etiqueta branca, não precisa ter nenhuma informação para ser utilizada.

Geralmente, todas as etapas avaliativas, leitura, conversação, escrita e capacidade auditiva, são realizadas no mesmo dia. Os tipos de avaliação variam entre as capacidades analisadas. 

Ou seja, a função geral do exame de proficiência em inglês é comprovar a habilidade e fluência em uma língua estrangeira. Além disso, o certificado permite que a pessoa ensine a língua, faça cursos acadêmicos no exterior e até consiga morar lá. 

Existem diferentes tipos de testes para avaliar a proficiência. Cada um deles melhor se adequa para uma situação específica e finalidade decidida. 

Exibindo Ingles.jpeg

Como se preparar para o teste

Esses exames são padronizados, ou seja, seguem um modelo rígido. Portanto, para que seja bem sucedido, é preciso adotar algumas táticas, como as abaixo:

  1. Disciplina nos estudos;
  2. Prática diária;
  3. Realizar simulados;
  4. Pesquisar sobre o exame.

Portanto, para que o preparo seja melhor e haja maior compreensão de como realizar cada atividade, elas serão analisadas separadamente e com mais detalhes.

  1. Disciplina nos estudos

Preparar-se para uma prova complexa como essa, demora e exige muita dedicação, uma vez que, para atingir um determinado nível de fluência, é preciso tempo para o cérebro absorver as informações. 

O exame de proficiência ainda analisa o vocabulário mais avançado e diferente do cotidiano do candidato, portanto é importante buscar mais informações e sair da zona de conforto. 

É preciso criar um cronograma de estudos e seguí-lo. Muitas vezes, as pessoas deixam certas atividades de lado por conta da correria do dia a dia, mas com esse preparo isso não pode acontecer. É preciso ter foco e constância.

É válido lembrar que o exame é pago, então, se o investimento for feito, é preciso que ele valha a pena. E para isso, é vital que o aluno não desista e persista, principalmente se é o que deseja. 

Estude todos os dias. Afinal, para uma prova com tantas avaliações e especificações, é impossível deixar tudo para última hora. Separa um período do dia para analisar os conteúdos já vistos e aprender alguns pontos novos, sempre recapitulando. 

  1. Prática diária

Assim como um tratamento de superfície deve ser realizado com uma frequência para melhorar o solo, praticar as áreas e, principalmente, a fala em inglês constantemente ajuda a evoluir para a prova. 

A capacidade de conversar em inglês também é avaliada. Porém, para aprender a conversação, o candidato tem que conversar em voz alta e treinar a pronúncia e a capacidade de pensar em outra língua durante o diálogo. 

Por isso, converse diariamente, com qualquer um. Pode ser com um familiar, um amigo, um professor ou até consigo mesmo. O importante é falar. Fale sobre o que vier na mente ou algum tópico em específico.

Uma coisa interessante de fazer para treinar o chamado “speaking” é explicar coisas do seu cotidiano, como o trabalho, para alguém ou para o nada. Dessa forma, é possível expandir o vocabulário e a pronúncia.

Outra tática válida nesse tópico é treinar apresentações profissionais que serão realizadas, porém em inglês. Desse jeito, tanto a apresentação é treinada como a língua, sem perder tempo ou ter que reservar parte do dia para os estudos.

  1. Realizar simulados

Assim como empresas de tratamiento acústico estudam o cliente para entenderem quais materiais precisam ser trocados para melhorar as vendas, entender como a prova funciona permite uma análise do que precisa ter mais tempo investido. 

Como foi comentado, essas provas seguem um modelo de funcionamento, portanto treine fazendo simulados de outros anos. Dessa maneira, é possível entender a estrutura do teste e se especializar em cada ponto dele.

Além disso, é possível analisar em quais partes está tendo mais dificuldade e devem ser melhoradas, e quais partes já estão dominadas e não precisam receber tanta atenção.

Outra vantagem de realizar pré-testes é que o candidato consegue ter uma noção de como está seu nível de inglês e se ele alcança a categoria desejada. Dessa forma, é possível decidir o melhor momento de realizar o exame de fato.

Assim como um monitoramento de alarme garante a segurança do estabelecimento em que foi instalado, avaliar os resultados de um teste não oficial permite que o candidato faça a prova com segurança se achar que tem chance. 

A internet é um meio muito amplo para encontrar ferramentas para ajudar no treinamento. Isso porque existem diversas provas disponibilizadas na plataforma que podem ser realizadas.

Baixe as provas que forem de acordo com o teste de proficiência que será realizado. Busque por um lugar calmo e um dia sem interrupções, como uma biblioteca aos fins de semana, e estude. 

Nessa fase, é vital que os exercícios sejam praticados, porém cronometrados, uma vez que o exame oficial exige que cada etapa seja realizada dentro de um período. 

Desse jeito é possível entender quais partes estão demorando mais e organizar cada atividade de acordo com a quantidade de esforço que será investida.

Fazendo isso, não haverá imprevistos durante a prova oficial, pois o candidato já saberá quanto tempo deve gastar em cada etapa, bem como terá se adaptado ao teste.

Por exemplo, se uma pessoa que depende de equipo de internet para um evento grande treina e programa as ações do dia, ela conseguirá entender como agir no momento e como evitar imprevistos.

  1. Pesquisar sobre o exame

Antes de sair estudando e pagando por qualquer exame de proficiência, é importante entender qual exame mais se encaixa com seus objetivos e com suas características.

Portanto pesquise bastante, analise cada prova, entenda como cada uma pode ser vantajosa para suas metas e, então, decida para qual estudar e se preparar.

Ao conhecer como a prova funciona, é possível ser como um filtro de nylon, ou seja, separar o que funciona aos objetivos e descartar as provas que não trarão consequências diretas. 

Benefícios de estudar por essas táticas

Seguindo essas dicas e táticas, é possível criar um objetivo claro e um caminho de alcançá-lo. Além de realizar a prova com foco, os resultados desejados estarão muito mais próximos. 

Ou seja, fora o aprendizado de uma nova língua estrangeira, ainda é possível ganhar um certificado que ajudará a ganhar destaque no campo que desejar.

Assim como certas empresas ajudam empreendedores a escolherem as melhores alternativas, como uma consultoria contábil, seguindo essas táticas é criado um direcionamento aos candidatos de como se preparar.

Conclusión

Realizar um exame de proficiência em inglês acrescenta diversos pontos e vantagens para a vida do candidato. Não é algo impossível, como é muito descrito por algumas pessoas, mas é um processo que precisa de dedicação e força de vontade.

É importante contar com apoio de amigos e família nesse processo. Então compartilhe seu objetivo com eles e peça ajuda se precisar. 

Ele serve para qualquer um e para qualquer tipo de objetivo que se deseja alcançar com a ajuda desse certificado, ainda mais porque não exige pré-requisito de conclusão de curso de inglês.

Portanto, é possível alcançar os objetivos, desde que algumas técnicas de estudos importantes sejam seguidas. É só lembrar da sigla DPSP, que é o equivalente para disciplina, prática, simulados e pesquisa.

Levando em conta essas estratégias e se dedicando de verdade, os objetivos podem ser alcançados facilmente. Dessa forma, o resultado do exame será incrível e ele poderá abrir diversas portas para caminhos maravilhosos para cada candidato.

Este texto fue desarrollado originalmente por el equipo del blog. Guía de inversiones, donde se pueden encontrar cientos de contenido informativo sobre diferentes segmentos.