Coisas que você não deve fazer ao estudar um Idioma


Post by


Compartilhe esse artigo com os amigos:

No artigo de hoje vamos falar sobre coisas que você não deve fazer ao aprender um idioma. Se você está estudando seja inglês, japonês, espanhol, francês, chinês ou outro, seguir essas dicas vai ajudar você no seu aprendizado.

Não estude Gramática

Parece algo controverso, mas você não deve estudar a gramatica. Ela é muito importante em qualquer idioma, mas é algo que você deve aprender naturalmente, assim como você aprendeu na sua língua materna.

Se você se focar em aprender uma nova gramatica, como se fosse quebra cabeça, você só vai complicar seu aprendizado, vai demorar mais para aprender, e vai acabar falando o idioma de forma robotizada.

A gramatica é uma descrição da língua, então ela deve ser aprendida depois de você souber pelo menos o básico da língua. Sim você vai aprender muita gramatica durante a jornada de aprender um idioma, mas não foque nisso, deixe as coisas seguirem naturalmente.

Inglês

Não estude palavras isoladas

Não estude palavras individuais ou isoladas. Não saia procurando listas de palavras em categorias e tente decorar. Você só vai atrasar seu aprendizado e não vai conseguir decorar quase nada.

A melhor coisa a se fazer para aprender vocabulário é estudar frases e textos. Quando você pega um texto em outro idioma, naturalmente você vai aprender as palavras, vai ficar mais fácil memoriza-las e vai acelerar bastante o processo. Estudando frases você também vai aprender automaticamente a gramatica do idioma.

Não se isole

Muitos preferem estudar sozinhos, e realmente não tem problema nisso. Apesar que se você estudar em grupo ou com um mentor, fica mais fácil e divertido estudar. Além disso, as pessoas devem te ajudar na longa jornada com dicas e estratégias que ajudam no aprendizado.

Mas não é apenas esse o ponto. Você não deve se isolar de nenhuma maneira. Você deve se enturmar com pessoas que falam ou aprende o idioma, seja através de redes sociais, visitando o país, acompanhando pessoas na internet. Só não pode tentar seguir essa jornada sem se expor ao idioma.

Não tente traduzir e entender

Mas como assim não posso entender ou traduzir as palavras e frases de outro idioma? Porque os outros idiomas são diferentes, possuem regras e palavras diferentes com significados diferentes.

Claro que você vai aprender o significado das palavras, como usa-las e etc. Mas pare de tentar traduzir frases de forma literal, você deve pensar no idioma não tentar traduzir ele para o português.

Tem muitas coisas que você não vai entender, que não existe uma explicação, então não questione isso. No português você já se perguntou porque é “O computador” e não “A computador”? Da mesma forma os outros idiomas possuem regras e coisas que não existe explicação, você só precisa aprender sem questionar ou tentar traduzir.

Por exemplo, no japonês não existe plural nas palavras, o verbo está no final da sentença, não existe gênero masculino e feminino. Porque? Não tem uma resposta pra isso, o idioma deles é assim. Eles que devem estar se perguntando porque existe gênero nas palavras do português.

Essas dicas eu peguei com meus amigos e mentores Mairo Vergara e Luiz Rafael. Espero que essas dicas sirvam de ajuda para vocês estudantes de idiomas.


Compartilhe esse artigo com os amigos:



8 comentários sobre “Coisas que você não deve fazer ao estudar um Idioma

  1. Esbarro muito com isso quando traduzo jogos do inglês em meu blog, porque eu tenho que traduzir mas tem expressoes que não tem tradução equivalente em português e acho que é por isso que as vezes penso na palavra em inglês mas ela não aparece em português. Com o japonês sou muito leiga, mas ja sei que isso acontece bastante também

  2. Oi Kevin, gostei muito do seu artigo e concordo com praticamente tudo que você falou, exceto uma coisa: “Não estude gramática”. – Eu concordo que a gramática, independente do idioma que se estuda, pode ser maçante e muitas vezes dar dor de cabeça, mas já foi comprovado, cientificamente, que o adulto não aprende da mesma forma que uma criança (e isso é o que difere o “aprendizado da primeira língua” e o “aprendizado da segunda língua”). Embora seja possível aprender um idioma sem qualquer manipulação consciente da gramática, um adulto desenvolve sua habilidade de comunicação muito mais rápido atráves da compreensão das regras gramaticais. Isso se dá ao fato de que ele aprende a aplicar um única regra em várias situações, enquanto uma criança tem que memorizer (ou tornar-se familiar) com a mesma regra em varias situações devido a falta de um padrão a ser seguido. Existem pesquisas cientificas atuais (Freeman 2001 e 2003) que indicam a necessidade de um estudo mais estruturado para adultos quando o alvo é um aprendizado mais rápido e polido (sem erros). A função cognitiva de um adulto se baseia mais em lógica do que mera imitação e esta mesma lógica nos força a buscar padrões; e mesmo que hajam exceções elas geram menos dificuldades do que aquelas criadas pela memorização de frases sem um elemento comum. Novamente, o aprendizado de um idioma SEM a utilização de gramática E’ possível, assim como uma famosa marca de cursos de idiomas costumava anunciar “Aprenda uma segunda língua como aprendeu sua primeira” (como uma criança aprende), assim sendo, depois de dez anos estudando o idioma voce falará como uma criança de 10 anos! Vale a pena? 😉

  3. Obrigado pelo comentário! Uma ótima informação. Não estamos dizendo para deixar toda a gramatica de lado, ela só não deve ser o foco no estudo. Ao absorver conteúdo, pra pessoa entender ela vai acabar tendo que estudar a gramatica, agora se alguém focar diretamente apenas na gramatica vai acabar deixando coisas de lado e atrasando o aprendizado. Eu estudo japonês e no começo eu era doido pra aprender o uso das partículas, relia e relia artigos falando sobre as partículas mas nunca conseguia entende-las apenas depois q foquei em absorver conteúdo elas se tornaram compreensíveis. É necessário ter todas as informações e regras gramaticais durante o estudo, mas não deve ser o foco, idioma se aprende estudando tudo em conjunto.

  4. Cada um é cada um, método é você quem define, mas é sempre indispensável ler todas e quaisquer dicas pra absorver o idioma escolhido, eu estou iniciando a aprendizagem no idioma Árabe, apesar de ser um idioma bem complexo eu acredito que com muita dedicação se aprende qualquer idioma. الله معنا

  5. desculpe,me perdi na parte de nao traduzir como assim?
    devo adicionar a frase no anki sem traducao? sera que poderia me explicar kkkk. com um exemplo?

  6. As pessoas tentam traduzir coisas que não são traduzíveis… PQ tipo os outros idiomas possuem palavras nada haver com nosso idioma com usos e significados diferentes, as vezes palavras com muitos significados que pensamos ser nada haver… A pessoa tem q evitar tentar entender coisas que não são da pra traduzir literalmente, apenas aceitar essa nova palavra e não ficar tentando botar significados aproximados pra ela como alguns fazem… As vezes frases simples dão um trabalho pra entender pq a pessoa fica tentando traduzir aquilo literalmente pro português sendo que basta entender o sentido da frase sem questionar as logicas de outros idiomas.

  7. ahm sim entendi agora kkkk, o incrivel foi que exatamente hoje acabei de perceber isto, so uma perguntinha acha que vale apena usar dicionario jap-jap, vi que eles em vez de dar significado as palavras eles explicam como entender ela e o que ela faz,o unico problema e q ta em japones kkkk

Os comentários estão fechados.