Simulación de escritura: conoce la importancia para tus estudios

Escrito por

¿Busca a alguien que haga su trabajo escolar, TFM y TFG, Tesis o algún otro trabajo académico? ¡Haz clic aquí y haz tu presupuesto ahora mismo!

Para quem já prestou vestibular ou para quem ainda vai prestar, a palavra redação pode assustar bastante. Mesmo que você tenha ido para o lado das exatas, provavelmente também precisou passar pela simulação de redação durante a época das provas.

Afinal, a redação é crucial para a obtenção de notas para o ingresso nas melhores universidades do país. Por esta razão, é importantíssimo a realização de simulados de redação ao longo dos anos letivos – e não só no ano que fizer o cursinho. 

Inclusive, no cursinho pré-vestibular, os alunos têm aulas próprias para entender toda a dinâmica das provas e das redações, então, é nesse momento em que o tema ganha mais atenção, o que, em muitos casos, pode não ser o ideal. 

Isso porque os alunos deveriam ser estimulados a praticar a redação ao longo de seus anos letivos – desde os que são alfabetizados até os últimos. Pois bem, neste artigo, vamos aprender melhor sobre o que é uma redação, como fazê-la e dicas para melhorar o desempenho.

Então, se você está começando a estudar para o vestibular, ou se tem um amplo interesse sobre o tema, siga a leitura do material, resolva todos os seus questionamentos, bem como pratique para ir bem no momento em que a redação chegar!

Redação sem segredos: entenda mais sobre o tema!

O que é, afinal, a redação? Teoricamente, trata-se de um texto dissertativo-argumentativo em que o objetivo é explicar o tema, apresentar argumentos e indicar, ao final, uma conclusão ou solução para o que foi tratado.

A redação deve ser feita com muita atenção, digamos que na hora da escrita, um Botón de comando dentro do nosso cérebro precisa ser ativado, principalmente para que todos os pontos sejam escritos com cautela e com o máximo de sentido possível. 

Inclusive, apesar da analogia parecer boba, é exatamente o que acontece em nossa cabeça na hora do simulado. A técnica de redação é simples, mas precisa ser praticada, se possível, semanalmente. 

Ademais, a estrutura do texto é única: introdução, desenvolvimento e conclusão. Sobre o tema, ele é trabalhado com o auxílio de textos de apoio, que são trechos contendo os assuntos sobre o foco principal, para que o estudante tire conclusões e desenvolva o seu material. 

Introdução: veja como fazer

A parte da introdução é básica, ou seja, basta introduzir o assunto, explicando o que é, como acontece, onde acontece e apresentar o problema decorrente daquele tema, gerando margem para a continuação da redação. 

Desse modo, se o texto apresentar análisis de riesgo como temática adotada, o estudante, com os textos de apoio, deverá apresentar a problemática para analisar os riscos apresentados no tema base que podem virar soluções na conclusão.

Entre três ou quatro linhas, a introdução deve ser feita de forma sucinta e objetiva, pois a redação em si não permite muitas linhas. Após a apresentação do conteúdo, o aluno começará a desenvolver. 

Desenvolvimento: veja como fazer

No desenvolvimento, normalmente, são utilizados dois ou três parágrafos para um desenvolvimento correto, conciso e assertivo, basicamente, neste momento serão apresentadas soluções para o problema inicial, ao longo do texto. 

Então, se em um outro caso, a temática abordou sobre a dificuldade da inserção no mercado de trabalho de profissionais de traducción de documentos, então o desenvolvimento deverá ter um debate mais firme sobre o tema. 

Mostrando inclusive, algumas opções de resolutivas para a questão, o que dará uma entrada de qualidade para a parte da conclusão do material.

Conclusão: veja como fazer

E, no final do texto, deve haver uma conclusão. Normalmente, deve finalizar o texto com palavras como: “portanto”, “concluo que”, “ao final”, entre outras. Essa é a estrutura básica exigida e analisada pelas pessoas que corrigem as provas dos vestibulares ou concursos. 

Ademais, lembre-se sempre: é praticando que se aprende. Então, se for treinar em casa, é melhor ter uma cadeira presidente escritorio para ficar muito mais confortável e, consequentemente, mais atento. 

Simulado de redação: saiba a importância para os seus estudos

Saiba como estudar com o simulado de redação

O simulado serve, literalmente, para você simular situações que podem ocorrer durante a prova, ou seja, é importante para pensar em temas que podem cair, além de como avaliar criticamente e colocar no papel. 

Então, assim como as provas de múltipla escolha, o simulado é capaz de mostrar como, mais ou menos, funcionará a dinâmica no dia tão esperado. 

A vantagem nesse momento é que terá um profissional acompanhando seu desempenho e corrigindo alguns pontos, para que a cada simulado, o aluno seja capaz de melhorar, tanto a forma de lidar com a temática quanto a escrita, a letra e a interpretação do assunto.

Ademais, é importante reforçar que cada simulado é igual a prova das instituições específicas que o estudante prestará, ou seja, podemos dizer que são como o controle de acesso para o ingresso. 

O hábito de fazer simulados

Da mesma forma que os atletas treinam o dia inteiro para chegar às olimpíadas preparados, os alunos que pretendem prestar o vestibular também precisam de treino. 

A escrita, a desenvoltura na hora de lidar com os textos, análise crítica, interpretação de texto – tudo isso podemos aprender, e não adquirimos como um passe de mágica. Desse modo, precisa de muita prática e atenção.

Os atletas que chegam nas olímpiadas sabem exatamente o que devem fazer, como devem agir e quais exercícios realizarão, o que diferencia cada atleta durante a competição é como cada um lida psicologicamente com os desafios. 

Então, a cada simulado feito, o psicológico pode ser treinado também, para que sua mente não te sabote na hora mais importante da sua vida. 

Simulado de redação: saiba a importância para os seus estudos

Dicas para uma boa redação 

Além da prática excessiva e a produção de muitos simulados, algumas outras dicas são muito valiosas na hora de prestar o vestibular. Abaixo reunimos as mais importantes para te ajudar na hora das provas, confira: 

1 – Leitura e escrita na prática 

Para escrever bem, é imprescindível ler bem. Quem lê muito, conhece as palavras, conhece as expressões, sabe interpretar e conhece a ortografia das palavras.Desse modo, fazer simulado com frequência, coloca em prática todos esses ensinamentos. 

Com essa prática, o que pode ser considerado difícil, pode se tornar natural. Muitas pessoas, às vezes, têm coisas para dizer, mas são incapazes de se expressar. Desse modo, até para escrever sobre cola de bloco é necessário entender o básico. 

2 – Conheça a si próprio

Ao realizar o simulado, você vai entender quais são seus pontos fortes e quais são seus pontos fracos – e com essas informações, será capaz de administrar suas decisões durante a prova de melhor forma. 

Às vezes a mente ficará divagando, distraída ou talvez você pode se deparar com um tema que não possui muita familiaridade, mas a redação não é sobre saber tudo, mas conseguir dissertar sobre tudo, até sobre assuntos que você não entende muito bem. 

Coloque-se à prova durante os simulados, vá até seus limites e aprenda sobre o autocontrole. Esse é um dos segredos para conseguir ir além do que os outros esperam de nós. 

Ou seja, talvez você não entenda nada sobre serviços em TI, mas precisa aprender a absorver o máximo de informações com os textos de apoio. 

3 – Leia e assista notícias

Cada instituição de ensino possui uma dinâmica diferente de prova, mas todas trabalham com temáticas muito atuais, tais como: 

  • Direito da mulher;
  • Educação no brasil e no mundo;
  • Acessibilidade para as pessoas com deficiência;
  • Tecnologia;
  • Polêmicas;
  • Política;
  • Entre outros. 

Nos cursinhos pré-vestibulares, os professores sempre mantêm seus estudantes atentos às notícias que correm pelos noticiários, jornais e até mesmo na internet, ou seja, é bom sempre estar atento e atualizado.

4 – Conheça a estrutura

Como dissemos no início deste artigo, a redação é um texto dissertativo-argumentativo, então para se sair bem nela, é imprescindível que o aluno saiba sobre o que se trata. A estrutura do texto é avaliada de forma precisa, para saber se todas as regras básicas foram cumpridas.

É por esta questão que a nota da redação é tão importante no peso da composição da nota final. A dica aqui é: seja coerente, apresente argumentos sólidos e dentro da realidade do país, não invente mentiras ou diga notícias falsas. 

5 – Segundo plano

O nosso cérebro é uma máquina fascinante, e nós não conhecemos nem metade do que ela é capaz, apesar do convívio contínuo. Na hora de iniciar uma prova pré-vestibular, a dica aqui é: leia a temática, os textos de apoio e crie uma ideia, entretanto não comece a produzir. 

Dê início pelo resto da prova, leia as questões dissertativas e coloque as respostas. Apesar do cansaço mental após resolver sessenta ou mais questões, nosso cérebro trabalha com as informações em segundo plano, como se estivessem em letra mayúscula em nossa mente. 

Portanto, essa máquina vai continuar pensando na redação, mesmo que você esteja ocupado, procurando soluções e lembrando de assuntos parecidos. 

Este texto fue desarrollado originalmente por el equipo del blog. Guía de inversiones, donde se pueden encontrar cientos de contenido informativo sobre diferentes segmentos.

Deja un comentario