Conheça 10 técnicas para aprimorar a sua escrita

¿Busca a alguien que haga su trabajo escolar, TFM y TFG, Monografía o algún otro trabajo académico? ¡Haz clic aquí y haz tu presupuesto ahora mismo!

LA escrita é uma habilidade necessária não apenas para quem depende dela no trabalho, mas para qualquer pessoa. Inclusive, ao longo da vida, alguns momentos vão exigir toda a nossa capacidade de escrever.

Pense na escola, por exemplo, em toda a sua vida escolar, inclusive na hora de prestar um vestibular, você precisou escrever redações, responder perguntas dissertativas, fazer trabalhos e por aí vai.

Quando chegamos à fase adulta, outras situações impõem a necessidade da habilidade da escrita, como as provas da faculdade, processos seletivos e, até mesmo, no dia a dia do trabalho.

Para algumas pessoas, escrever é algo complicado, mas não porque elas não sabem, e sim porque não desenvolveram algumas habilidades.

São com essas habilidades que redigimos textos fáceis de serem compreendidos pelos leitores, sem erros de ortografia e coesos. E não podemos nos esquecer dos concursos públicos, que exigem bons textos e boa interpretação.

Com base nessas afirmações, ficou claro que escrever bem é uma necessidade para qualquer pessoa, então, se você tem alguma dificuldade, está na hora de trabalhar essa questão.

Neste artigo, vamos explicar a importância de uma boa escrita, quais são as melhores estratégias para aprimorá-la e por qual motivo devemos ler diariamente. Confira!

man in black and white strip pants writing notebook
Photo by Anna Pou on Pexels.com

Entenda qual a importância de uma boa escrita

Você, com certeza, já deve ter lido algum texto – principalmente nas redes sociais –  cheio de erros de português, sem vírgula, mal elaborado, enfim, bem ruim de ler mesmo, chega a se tornar cansativo.

É importante ressaltar que tudo isso impossibilita que os leitores possam entender o teor de uma mensagem. Mas enquanto o texto é só um desabafo nas redes sociais, os problemas não aparecem.

Entretanto, na hora de escrever uma redação para o processo seletivo de um fabricante de tacógrafo digital, por exemplo, se você não fizer bem feito, vai ficar para trás.

No dia a dia de trabalho, redigir um e-mail sem tomar os devidos cuidados pode ser considerado um erro gravíssimo. Uma mensagem mal interpretada pode gerar situações constrangedoras e até demissões.

Além disso, não saber escrever prejudica a sua imagem profissional, e pode prejudicar o modo como você é visto pelos seus colegas de trabalho.

É uma condição que compromete a qualidade do seu trabalho e transmite uma imagem negativa, bem como leva a falhas na comunicação interna.

A boa notícia é que todos esses problemas podem ser resolvidos com o aprendizado de uma escrita bem elaborada. Isso envolve o conhecimento de algumas técnicas que vão facilitar a construção de um texto.

Assim, independentemente de qual for o tipo de texto que você precisa escrever, vai fazer isso de forma clara e ter acesso a vantagens, como:

  • Melhora da comunicação;
  • Pensamentos organizados;
  • Exposição clara de ideias;
  • Melhora da imagem profissional.

Agora que você já sabe sobre a importância de uma boa escrita, no próximo tópico, vamos dar algumas dicas para melhorá-la. Acompanhe a leitura.

Melhores estratégias para escrever bem

Escrever um texto de qualidade, como este que você está lendo agora, requer dedicação, tempo e paciência. Mas com a prática, essa atividade se torna mais natural. E outras práticas também ajudam, como:

1.    Estudar a nova ortografia

O novo acordo ortográfico está vigente desde 2009, e passou a ser obrigatório no Brasil a partir de 2016. Trata-se de um documento que estabelece regras de ortografia e gramática, que mudaram o idioma em alguns aspectos.

Para saber escrever todas as palavras do jeito certo, seja um texto sobre máquina de alinhamento ou qualquer outro tema, é essencial conhecer o novo acordo. Assim, você evita erros que podem prejudicar sua imagem.

2.    Dominar a norma culta

É muito mais fácil saber falar utilizando a linguagem informal, aliás, ela é usada por nós diariamente, inclusive no ambiente de trabalho. Mas ela não pode ser passada para o papel, ou seja, não podemos escrever a linguagem informal.

A escrita exige o uso na norma culta, mas isso não significa que você deve usar um arsenal de palavras rebuscadas, pois elas também prejudicam o entendimento.

3.    Ler em voz alta

Quando lemos um texto em voz alta, identificamos rapidamente todos os seus problemas. Isso acontece porque colocamos entonação, e ela mostra onde falta uma vírgula, uma palavra sem acento, dentre outras situações.

4.    Adequar o texto ao público-alvo

Você precisa saber para quem está escrevendo, para que assim possa falar de assuntos do interesse dessa pessoa e de uma maneira que ela entenda.

Por exemplo, um fabricante de seladora de pedal pode falar sobre vários assuntos relacionados à indústria, utilizar uma linguagem mais técnica e um tom de voz mais adequado ao seu público.

5.    Separar um tempo para escrever

O pior inimigo de um bom texto é a pressa, e ela pode prejudicar o conteúdo, mesmo que o redator tenha experiência no que faz.

Inclusive, sempre ouvimos falar que o tempo para escrever redações em vestibulares e até no ENEM costuma prejudicar a qualidade da escrita dos alunos.

Sendo assim, quando precisar escrever, separe um tempo para a produção do texto em si e depois para checar suas informações.

6.    Evitar abreviações

Por conta da internet, nós nos acostumamos a escrever com muitas abreviaturas, a exemplo de expressões, como:

  • “Vc”;
  • “Pq?”;
  • “Hj”;
  • “Bjo”.

Obviamente, elas não fazem parte da norma culta, por isso, em algumas situações, como um relatório, uma prova ou um e-mail profissional, elas não devem estar presentes.

7.    Revisar o texto

A etapa de revisão é muito importante e nunca deve ser negligenciada. Antes de enviar o texto, não deixe de conferir se não houveram erros de português de qualquer natureza.

Então, leia-o atentamente e corrija tudo o que puder. O ideal é contar com um revisor profissional em alguns casos, por exemplo, se você escrever um e-book comercial sobre misturadores industriais.

8.    Evitar oralidades

É legal escrever um texto como se você estivesse conversando com o leitor, no entanto, isso não deve abrir brechas para o uso de expressões, como “tá”; “né” e até frases como “pegou mal”.

São elementos que facilitam a comunicação oral, mas que não são adequados para conteúdos escritos.

9.    Usar a vírgula corretamente

Uma única vírgula mal posicionada pode prejudicar a qualidade de um parágrafo ou confundir as ideias ao longo do texto.

Ademais, a ausência dela torna o texto cansativo, fazendo com que as pessoas se percam durante e leitura, além do risco de ser mal interpretado.

10.  Usar bem os acentos

O uso incorreto do acento ou sua ausência pode mudar o sentido da palavra e, consequentemente, o sentido de toda uma oração.

Portanto, atente-se a isso na hora de escrever sobre, por exemplo, calibração de instrumentos, ou qualquer outro assunto que seja necessário.

Agora que você já sabe algumas dicas para produzir uma boa escrita, no próximo tópico, vamos mostrar os benefícios de uma leitura.

Vantagens do hábito da leitura

Quem quer escrever bem precisa ler bem, mais do que isso, precisa ler todos os dias. É dessa forma que se torna possível melhorar o funcionamento do cérebro, já que a leitura aumenta as conexões neurais.

E segundo uma pesquisa da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, esse hábito afeta o nosso cérebro e causa a sensação de termos vivenciado tudo o que está escrito no livro.

Não importa se você está lendo um manual de sensor de nível ou um romance, seu cérebro se torna mais ativo, o que reduz as chances de desenvolver doenças como Alzheimer.

Outra vantagem indiscutível é a obtenção de um vocabulário cada vez mais rico, o que é essencial para quem precisa escrever com mais frequência.

Pessoas que leem muito são comprovadamente mais inteligentes e escrevem melhor, além disso, elas são mais criativas, visto que são capazes de imaginar cenários, características físicas dos personagens, dentre outras coisas.

Por exemplo, é a criatividade durante a leitura que vai fazer com que você entenda como é a montagem de um sistema de alarme residencial, ao ler seu manual de instruções.

Ler todos os dias melhora o senso crítico, o que nos leva a questionar algumas condições de nossa sociedade e do mundo em que vivemos.

Se você ler um romance que se passa no século XVIII, por exemplo, pode perceber o quanto as coisas são diferentes, as mudanças que a humanidade sofreu, além de saber um pouco mais sobre épocas distintas.

Então, não importa se você quer saber mais sobre monitoramento de alarme ou está lendo um gibi qualquer, a leitura eleva sua capacidade de raciocínio e, consequentemente, suas habilidades de escrita.

Conclusión

Escrever bem é importante para se comunicar, e a humanidade escreve desde seus primórdios. É exatamente por isso que conhecemos tanto sobre nossa história e evolução.

Desse modo, escrever bem significa transmitir ideias, expor seus pensamentos e informar as pessoas. E se você tiver uma boa escrita, vai se destacar em diferentes setores de sua vida.

Este texto fue desarrollado originalmente por el equipo del blog. Guía de inversiones, donde se pueden encontrar cientos de contenido informativo sobre diferentes segmentos. 

Deja un comentario