10 consejos definitivos para mejorar tu pronunciación en inglés

¿Busca a alguien que haga su trabajo escolar, TFM y TFG, Monografía o algún otro trabajo académico? ¡Haz clic aquí y haz tu presupuesto ahora mismo!

LA pronúncia no inglês é algo que muita gente se preocupa, principalmente aqueles que têm um pouco mais de dificuldade. Entretanto, esse idioma possui tantas exceções que fica difícil saber até onde temos liberdade para falar nossa “versão” da língua.

Ademais, os estudantes se sentem muito pressionados quando começam a aprender essa língua, o que é natural, dada a quantidade de desafios, principalmente os relacionados à pronúncia.

Muitas pessoas chegam a acreditar que nunca conseguirão pronunciar palavras que parecem ser mais complicadas do que outras, mas a verdade é que com prática e dedicação, é possível aprimorar a sua pronúncia.

Isso quer dizer que esse problema não deve se tornar motivo de desistência, pelo contrário, deve ser encarado como um desafio que pode ser superado.

Dominar o inglês e conseguir se comunicar de maneira efetiva nesse idioma é requisito básico para quem deseja alcançar novos patamares na vida.

Mais oportunidades de trabalho aparecem, você pode se comunicar com pessoas do mundo todo e as viagens internacionais são mais produtivas. Por isso, neste artigo, vamos mostrar a importância da pronúncia, dar dicas para melhorá-la e os benefícios de praticá-la. Confira!

Entenda mais sobre a importância da boa pronúncia

A pronúncia do inglês é extremamente importante se você quiser se comunicar e se fazer entender. Ela não deve ser menosprezada, no entanto, é comum que novos falantes do idioma sejam mal compreendidos por pronunciarem palavras incorretamente.

Além do mais, quando apenas uma palavra é pronunciada incorretamente e confundida com outra pelo ouvinte, ele pode achar que entendeu, quando, na verdade, você quis dizer outra coisa.

Isso leva a uma comunicação falha e a situações que podem te colocar em uma saia justa. Além disso, para os profissionais que lidam com sistema de alarme residencial ou outras tecnologias, ter uma boa pronúncia é ainda mais importante.

Sendo assim, é necessário identificar e corrigir alguns erros, visto que dessa forma fica mais fácil se relacionar com outros falantes do inglês, nativos, contatos profissionais e por aí vai.

Existem dois elementos que precisam ser considerados, e um deles é a ênfase, que em um recorte linguístico se refere à tonicidade de uma sílaba dentro da palavra. O espanhol e o português são idiomas que usam acentos para mostrar a tonicidade, mas o inglês não.

Só que é importante se atentar a isso, porque uma palavra pode ter um significado completamente diferente, principalmente se você colocar a ênfase em lugar errado.

Por exemplo, a palavra “contest” tem dois significados completamente diferentes. Se a ênfase estiver em “con”, ela se refere a uma competição; mas se a ênfase estiver em “prueba”, quer dizer que alguém se opõe.

Para evitar esses problemas, os profissionais que fazem tradução de documentos utilizam alguns sites especializados, que ajudam a praticar a pronúncia com ênfase na sílaba certa de cada palavra.

Assim, os termos são divididos em sílabas e o usuário descobre onde está a mais forte. É uma boa dica para quem precisa praticar.

O segundo elemento que precisa ser considerado é a entonação. Se não aumentarmos ou diminuirmos nosso tom de voz ao falarmos, a comunicação seria muito robótica, como acontece quando ouvimos o Google Tradutor.

A entonação se trata da ascensão ou queda do tom de voz ao falar uma frase completa. Se você não souber usá-la, pode dar um sentido errado à oração ou fazer com que ela soe de um jeito estranho.

É por meio da entonação que transmitimos sentimentos e emoções, ou acrescentamos nuances às falas. Quando fazemos uma pergunta, por exemplo, a entonação muda para que o ouvinte compreenda que se trata de uma pergunta.

Se você vai a uma escola e quer obter informações sobre cursos online técnico, vai mudar o tom de voz na hora de esclarecer todas as suas dúvidas, provavelmente.

Se está chateado com alguém, também vai demonstrar isso ao falar com essa pessoa. Sendo assim, para ter uma pronúncia natural e estabelecer uma boa comunicação, também é importante se atentar à entonação na hora de falar.

Agora que você já entende a importância da pronúncia, no próximo tópico, vamos dar algumas dicas para melhorá-la. Acompanhe!

Dicas para melhorar a pronúncia do inglês

Existem algumas práticas que podem te ajudar a melhorar o seu inglês. A seguir, listamos as 10 melhores. São elas:

1.    Ouvir e repetir

Ouvir e repetir o que foi falado é uma das melhores formas de melhorar o inglês. Você pode fazer isso com:

  • Trechos de músicas;
  • Frases de filmes;
  • Podcasts;
  • Frases de séries.

Se estiver assistindo, por exemplo, a um vídeo de coaching de carreira em inglês, imite como cada palavra foi falada e se atente ao ritmo da frase.

2.    Dividir as palavras

Algumas palavras são mais difíceis do que outras, por isso, elas devem ser divididas com o intuito de encontrar uma raiz em comum. Outra opção é escrever o som da pronúncia para ler e aprender mais rápido.

Por exemplo, jewel y jewelry têm um som bem parecido, mas primeiro aprenda a falar joia (jewel), para depois falar joalheria (jewelry).

3.    Atentar-se a palavras com o mesmo som

Várias palavras possuem pronúncias semelhantes e elas devem ser colocadas em um mesmo grupo, para que assim você possa aprendê-las.

É o caso de palavras muito comuns no dia a dia, como key (chave), money (dinheiro), honey (mel/querido), Mickey, Disney e assim por diante.

4.    Falar devagar, exagerando nos sons

Muitas pessoas que estão aprendendo o idioma, seja dentro das empresa de brindes personalizados, nas ruas ou nas escolas, acreditam que quanto mais rápido falarem, mais vão impressionar os outros.

Isso não é verdade, pois falar rapidamente pode prejudicar a pronúncia e provocar maus hábitos. Se você fala devagar, tem mais tempo para pensar no que quer dizer e como vai dizer.

Além de fazer com que você se sinta mais relaxado, falar dessa forma é uma prática e isso muda com o tempo. Aos poucos, você vai falar mais rápido naturalmente.

Também é importante exagerar nos sons no começo, prestando atenção às palavras que você tem mais dificuldade para pronunciar. Apesar de parecer estranho, esse exercício ajuda muito na pronúncia.

5.    Falar no espelho

Se um profissional precisa apresentar um projeto de sistema de controle de acesso para um cliente, ele vai treinar um pouco em frente ao espelho.

Essa também é uma das melhores formas de treinar a pronúncia do inglês, repetindo as palavras que você tem mais dificuldade em frente ao espelho. Observar suas expressões enquanto fala ajuda a aperfeiçoar os movimentos e imitar os sons corretamente.

6.    Ouvir podcasts

A internet é uma fonte inesgotável de recursos gratuitos. Com uma rápida pesquisa, podemos encontrar muitos vídeos úteis no YouTube, que ajudam a melhorar a pronúncia.

Além disso, o aluno pode encontrar podcasts em vídeos que têm total foco nas técnicas de pronúncia na língua inglesa.

7.    Atentar-se aos aspectos físicos da pronúncia

Falar uma língua estrangeira exige o uso da boca e outras partes do corpo de maneiras diferentes. Se você precisar se comunicar com uma empresa de serviço de branding no exterior, a boca e a garganta serão usadas de maneira pouco familiar.

Sendo assim, preste atenção à boca e aos gestos dos nativos e tente imitá-los no exercício do espelho.

8.    Usar o inglês no dia a dia

Seu ouvido precisa se acostumar com o idioma para que a sua boca possa reproduzi-lo. O inglês possui sotaques diferentes, sendo assim, quanto mais você ouvi-lo de diferentes nativos, mais vai conseguir pronunciar.

Prefira filmes e séries com legendas em inglês, assim como áudios, vídeos no YouTube e outros recursos que você possa adaptar no seu dia a dia.

9.    Ler em voz alta

Na internet, é possível encontrar todo tipo de conteúdo em inglês, desde notícias até manuais de chave de partida. Se você já conhece o básico da pronúncia, leia o máximo que puder em voz alta e observe a maneira como você fala as palavras.

10.  Grave vídeos e áudios

Você pode selecionar frases de filmes e séries e repeti-las, gravando-as em vídeos e áudios. Depois, ouça as falas originais e as que você repetiu para saber o que precisa ser melhorado.

Uma dica para isso é escolher frases curtas no começo, e ir aumentando o grau de dificuldade aos poucos.

Conclusión

Ter disciplina é fundamental quando estamos aprendendo inglês, e as práticas que mostramos aqui são benéficas porque elas ajudam a aperfeiçoar o idioma.

Por meio delas, você descobre em que está errando e aprende a usar cada palavra do jeito certo. Com o tempo, seu inglês estará muito melhor e outras pessoas poderão te entender, sem falhas na comunicação.

Este texto fue desarrollado originalmente por el equipo del blog. Guía de inversiones, donde se pueden encontrar cientos de contenido informativo sobre diferentes segmentos.